sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Conciso


Texto Curto. Não Curto. Acho que em outra vida devo ter sido escritora de clássicos. Adoro um texto longo. Amo ver muitas palavras se entrelaçando. Mas a era é digital. O conceito de texto / leitura concebe-se de tempo. Tempo é curto, logo, texto tem de ser curto. Texto curto? Não Curto. Mas, em nome da contemporaneidade e do novo tempo. Eis que se apresenta para mim: novos textos, pequenos textos. Mais difícil! Difícil lapidar a obra e dar polimento. Ainda assim, eu entendo e encurto...encurto textos...E eu curto? Sei não, por enquanto apenas encurto e vou tentando adaptar-me a tal da Modernidade.

8 comentários:

Teresa Aguiar disse...

Mas nem todos somos adeptos da modernidade! Então porquê mudar se não o fazemos com vontade? Haverá sempre gente à procura de bons, longos textos :)

Marinês disse...

Ola Teresa ...isso é bem verdade...sempre haverá gente a procura de textos longos e tambem curtos, o importante mesmo é continuar escrevendo e incorporando novos desafios... que nos levem ao novo e nos tragam de novo o velho...para nós sempre será assim:
"a gente que escreve ...bebe na fonte dos classicos e depois sente sede de aproximação dos modernos/contemporaneos e novos.."
dessa mistura...a gente cria nosso proprio estilo.

bjus...amei seu comentario

passe mais

sueli aduan disse...

É, Marinês, concordo com a Tereza.

Escrever é um prazer e poder brincar com as palavras em um longo texto,traçar um perfil detalhado da(s) personagem (s), elaborar um cenário rico, dialógos, reflexões...enfim tudo que exige tanto do escritor quanto do leitor tempo e gosto apurado.
Mas os minicontos nem por isso deixam a desejar, e não se engane, não, quanto a sua "preciosidade", não basta somente diminuirmos, é preciso aí também criar beleza ,poeisia. E isso você faz tanto em um como em outro .:o)
Então, "encurte' ou "alongue" rsrs, nós adoramos.
beijo

Marinês disse...

Sú concordo com tudo que disse é super verdade....

mas...essa coisa da escrita...é realmente o SENTIR / REFLETIR e a gente a todo tempo sente, reflete, pensa e claro que toda essa reflexão vem da preocupação tbem com o nosso leitor. E na era digital...leitores são mais rápidos e exigem textos mais curtos. Então, minha querida, vamos lá tentar a proeza da poesia em poucas e curtas linhas. Fácil não é! Mas, temos que exercitar.

bjus...bjus e obrigada sempre...
Espelho-me muito no seu estilo de escrita e vc sabe disso , pois, ja te falei milhões de vezes...

Antonio Carlos Fotos disse...

Vou sem curto, grosso e redundante. Curti seu texto curto...

Marinês disse...

Antonio...

adorei seu comentário...

bjusssss

Rodrigo Ricardo disse...

CONCRETO
SEM TETO
SENTADO
CONFUSO

ESPERTO
ATUAL
LONGE
DIFUSO

DESAFETO
DE PERTO
CONFINA
CONFUNDE

CAMINHA
CARREGA
COMPREENDE
ILUDE

Marinês disse...

que lindo Rodrigo Ricardo...parabéns...

volte sempre, serás sempre muito bem vido...

bjus