terça-feira, 9 de fevereiro de 2010


Subitamente, eles chegam.
Eles saem e vão.
Em direção a rumos dantes não pensados.
A!!! esses suspiros...esses pensares...
esses outrora..."amargares"
Amargores...
Trêmulos...
ouço da janela, uma frase :
- eu tremia. O restante da conversa junto vai com os largos passos.
- Eu tremia! ficou para trás.
Aquelas duas amigas que conversavam sobre o ato, sobre o fato, o acontecido.
Nem se quer perceberam que uma frase mais alta, ficou para trás.
- Eu tremia!
Ela tremia e eu também tremi. Com a possibilidade de distorcer toda essa frase e transformá-la num conto, numa crônica,numa poesia, quem sabe uma mentira, uma fofoca.
Mas para quê?
Se o "eu tremia" não me diz respeito, não me deu desfecho e ficou no ar.
No ar abafado e quente...de um calor latente...de tantos...muitos e infinitos graus.
Ela tremia, ela tremeu e eu também. Espero que ela trema... esse trema como aquele do desuso imposto pela reforma ortografica.
Ela tremia...tremeu e caiu...assim como o trema...
Eu ...corri em direção a ela e lhe disse: Caiu lá atrás e você não viu, mas, é seu.
Devolvi a ela...em mãos...o seu: "eu tremia"
E dessa vez ela tremeu com razão. Tremeu de medo, dessa súbita louca!

8 comentários:

betucury disse...

Tremeu, três vezes meu.
Tremia, três vezes ronronou.
Temesse, tres vezes a plantação de gente.
E não há como o tremer não nos dizer respeito.
Tudo nos diz respeito.
E como é lindo isso.
Tudo nos dizer Respeito.
Com todo o meu, não tremo

Renato Hemesath disse...

Oi Marinês.
Obrigado pela visita e pelas palavras.

A respeito do teu escrito, achei interessante o uso de algumas expressões. O desdobramento da linguagem e a possibilidade em aderir significados e composições novas "num conto, numa crônica,numa poesia..." é sem válido.

abraços.

cinderela disse...

Gostei muito do seu texto, principalmente pela intensidade que ele confere. Gostaria que passasse pelo meu blog e dissesse o que acha dos meus textos.

Obrigada.

Eduardo Schneider disse...

Olá, gostaria de saber se o -blog da escrita - não deseja firmar uma parceria com o blog É MANCHETE http://emanchete.blogspot.com
A parceria poderia acontecer com a troca de links dos blogs.
Se tiver interesse, acesse o meu blog 'É MANCHETE' e deixe um comentário ou responda para o mail schneider@farrapo.com
Eduardo Schneider
É MANCHETE - RS

Marinês disse...

que coisa linda betu,,,

vc sempre muito inspirado

parabéns

Marinês disse...

Renato...obrigada vc,,,e as palavras são totalmente sinceras ...

há beleza em seus textos.

parabéns

qto a sua analise...simplesmente amei o comentario

bjo

Marinês disse...

Que legal Cinderela...

sabe que uma coisa interessante é que a maioria das pessoas que comentam...abordam a intensidade dos meus textos , do tempo, ritmo...

acho que deve ser alguma caracteristica minha

BJO obrigada

Marinês disse...

Ola Eduardo...ok!

apenas diga-me o que fazer...sou meio atrapalhadinha com tais recursos tecnologicos..

rsrsrrs

de resto concordo com a parceria sim

abraço